terça-feira, 22 de abril de 2014

Homem foi assassinado a tiros na zona rural de Jucurutu

Por volta do meio dia desta terça-feira, 22, a Polícia Militar de Jucurutu foi acionada para atender a uma ocorrência, supostamente, acidente de trânsito, que teria vitimado fatalmente uma pessoa, no Sítio Barro Branco, distante cerca de 3km de Jucurutu. Imediatamente, os Policiais foram para o local, onde constataram que, de fato, havia uma pessoa morta.

Veja na imagem o local que a vitima teria passado.

No entanto, ao observarem o local da ocorrência, os PMs, de imediato, suspeitaram de que não se tratava de acidente, e sim de um homicídio, pois a moto de placa MZF 4560 JUCURUTU vítima andava está cerca de cem metros de distância do corpo. Além disso, a vítima caiu de bruços, como se estivesse correndo, além de estar depois de uma cerca de pedra, o que dá a entender que ele teria pulado, antes de tombar morto. Porém a Guarnição aguarda a chegada do ITEP, para que o corpo seja removido e seja feita a perícia, que mostrará o resultado do que realmente aconteceu.
Segundo as primeiras informações colhidas pelos Policiais que estão no local da ocorrência, a vítima foi identificada por Valcimar batista de medeiros, 32 anos, que  residia no Sitio Saco dos Cavalos e trabalhava no sítio de Floraci, local para onde estava indo, quando foi morto. Segundo relatos. o corpo tem sinais de tiros na boca,

Por: Rivanildo Junior
 
 

Acostamento da BR-110 está afundando entre Upanema e Mossoró

Os motoristas que trafegam pelo novo asfalto da BR-110 devem redobrar sua atenção, caso necessitem utilizar o acostamento, pois, em vários trechos o asfalto está afundando.

A obra, que nem concluída e muito menos inaugurada foi ainda, já vem apresentando várias falhas ao longo de seu trecho, principalmente entre as cidades de Upanema e Mossoró.

Alguns desses problemas são decorrentes das poucas chuvas, outros devido ao excesso de peso de algumas carretas, mas, mesmo assim não podemos tirar a responsabilidade da empresa que está executando a obra.

Fonte: Upanema News 

POLÍCIA MILITAR SEM AS MINIMAS CONDIÇÕES DE TRABALHO. VEJA A SITUAÇÃO DAS VIATURAS DO 10º BPM EM ASSU




Quando um Oficial abraça uma causa em prol de uma corporação, isto prova que seu trabalho em equipe é o real motivo do crescimento ético e comprometido com o próximo. Diante da luta incansável dos Praças e Bombeiros do estado do RN em que a Lei de Promoção venha de fato acontecer.
Enquanto isso na cidade de Assu o abandono por parte do governo estadual é de total desprezo, várias viaturas paradas.
A falta de estrutura para o trabalho da Polícia do Rio Grande do Norte não é novidade. O tempo passa e situação só piora. Os policiais, que arriscam a vida diariamente, andam em viaturas sucateadas.
Alguns problemas relatados são: falta de step, latarias amassadas, vazamento de óleo, pneus furados com remendo e rádios que não funcionam. E mais: o combustível liberado está sempre insuficiente e os carros estão tão cheios de problemas, devido à falta de manutenção.  Prender um bandido em fuga num automóvel desses é quase uma missão impossível.
Devido a tudo isso e muito mais os PMs e Bombeiros paralisaram suas atividades hoje por tempo indeterminado, esperamos que o governo atenda as reivindicações.
Fonte: Focoelho 

Polícia identifica arrombador da loja Maré Mansa em Currais Novos

Brizola foi reconhecido por policias nas imagens do circuito de segurança da loja

Na manhã desta segunda-feira, (21), o ex-detento, Sérgio Roberto de Oliveira Silva, mais conhecido por Brizola, de 28 anos, foi flagrado por câmeras de segurança da loja “A Maré Mansa” furtando cerca de 10 mil reais em aparelhos celulares, tablets, entre outros produtos.
Ele teria arrombado uma das portas de vidro do estabelecimento comercial e fez um verdadeiro arrastão dentro da loja.
Policiais estiveram no local e assistiram as imagens. O Brizola foi reconhecido como sendo o responsável pelo o arrombamento.
Várias viaturas realizam diligências a procura do acusado que tem várias passagens pela Polícia e continua em liberdade.


Empresa começa a desativar radares da antiga BR 427 em Caicó

Radar e lombada eletrônica sendo retirados em Caicó

Funcionários da empresa Trana Tecnologia, começaram a desativar às lombadas eletrônicas que foram instaladas há poucos meses na antiga BR 427, que cortava a cidade de Caicó.
Os equipamentos, como radares, estão sendo retirados. Eles estavam instalados em pelo menos, 4 pontos, sendo um nas imediações do clube Assec, outro no cruzamento da Avenida Coronel Martiniano com a Rua Comandante Ezequiel; no cruzamento das Ruas Pires Ferreira com a Olegário Vale, e outro nas imediações do posto Aquarius, na saída para Jardim de Piranhas.
A previsão é que os equipamentos sejam instalados no trecho onde agora é localizada a BR 427, que é a rodovia do Contorno, que começa no Bairro Itans e segue até as imediações do Posto do Moinho.
Nos próximos meses, a Prefeitura de Caicó, terá que fazer a municipalização do trânsito, assumindo definitivamente a fiscalização de toda a malha viária existente na cidade. Com isso, a Polícia Rodoviária Estadual deverá ter mais atribuição sobre as estradas que cortam a região.
Há alguns dias, foi cobrada a presença dos policiais nos cruzamentos das avenidas e ruas no Centro de Caicó. Essa função quem tem que cumprir são os servidores municipais quando forem contratados.

'Tô todo errado', diz motorista bêbado após furar blitz da PRF no RN

José Ronaldo Costa Dantas foi preso pela PRF

Um motorista alcoolizado foi preso após furar uma blitz da Polícia Rodoviária Federal na BR-101, em São José de Mipibu, região metropolitana de Natal, na noite de ontem segunda-feira (21). O vigilante José Ronaldo Costa Dantas foi perseguido por sete quilômetros e detido pelos policiais rodoviários federais. Ele fez o teste do bafômetro e ficou constatado o nível de 0.9 de álcool no sangue.
“Bebi demais, tô todo errado. Fugi da Polícia Federal e fui preso”, disse o vigilante em entrevista à Inter TV Cabugi. O inspetor da PRF Dalton Luiz explicou que o vigilante não parou ao ser solicitado e quase atropelou o policial que trabalhava na blitz.
“O policial que estava à frente do veículo precisou pular para não ser atropelado e nós demos início à perseguição. Ele chegou a 160 quilômetros por hora em um Pálio 1.0”, disse o inspetor. O vigilante foi preso e levado para a Delegacia de Plantão da zona Sul de Natal.
Lei Seca
As novas regras da Lei Seca consideram ato criminal quando o motorista é flagrado dirigindo com índice de álcool no sangue superior ao permitido pelo Código Brasileiro de Trânsito – 0,34 miligrama de álcool por litro de ar expelido ou 6 decigramas por litro de sangue.
A pena é de detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão temporária da carteira de motorista ou proibição permanente de se obter a habilitação.
Condutores autuados por esse tipo de infração pagam R$ 1.915,40 perdem sete pontos e têm as carteiras de motorista apreendidas. O valor é dobrado caso o motorista tenha cometido a mesma infração nos 12 meses anteriores.
Se o bafômetro registrar um índice igual ou superior a 0,05 miligrama de álcool por litro de ar, mas abaixo dos 0,34 permitidos pelo Código de Trânsito, o condutor é punido apenas com multa.
No exame de sangue, o motorista será multado por qualquer concentração de álcool, e pode ser preso se tiver mais que 6 decigramas de álcool por litro de sangue.

Acidente com ambulância deixa hospital de Apodi sem veículos de urgência


Um incidente ocorrido na BR – 405 envolvendo uma ambulância do hospital de Apodi poderá deixar a unidade hospitalar sem transporte médico de urgência durante um período indeterminado. O automóvel sofreu sérios danos em sua estrutura e será levado para o conserto sem data para o retorno.

A ambulância, em questão, era a única em funcionamento das três existentes no Hospital Regional Hélio Morais Marinho para o transporte de pacientes até outros hospitais. A mesma colidiu com um animal na rodovia federal BR – 405, na madrugada desta segunda-feira (21/04), quando retornava de Mossoró.

Com o choque, a parte frontal do veículo ficou danificada e precisará de conserto para que volte a prestar os serviços médicos necessários. Segundo o motorista que conduzia a ambulância no momento do acidente, a mesma será levada pela seguradora, nesta terça (22), até Natal, onde será feito os devidos reparos. Contudo, a data para o retorno do automóvel até o hospital apodiense é desconhecida por todos.

Até lá, a unidade ficará sem ambulâncias de urgências, uma vez que as outras duas pertencentes ao hospital já se encontram danificadas. Uma delas, foi levada pela Secretaria Estadual de Saúde, a poucos dias, para a capital do estado. A outra permanece estacionada no pátio da unidade hospitalar com problemas no motor.
 
Fonte: SOS Notícias do RN.